top of page

Second Hand | 5 tipos de Brechós

Onde consumir com mais consciência e responsabilidade socioambiental, vocês já sabem. Mas sabiam que existem tipos de brechós?

Vem com a gente!




Brechó Online ou Brechó Digital


Cada brechó online tem sua identidade, mas o que o caracteriza nesse nicho é que as vendas e toda a sua comunicação são feitas digitalmente, seja por um site, via DM no Instagram, Facebook ou grupos de Whatsapp.


Não existe um local físico para as clientes provarem as peças, pois geralmente começam em casa com pouca estrutura, e vão crescendo até migrarem para outro espaço.



O Retrato Brechó é nativo digital!

Aqui vocês encontram peças com uma curadoria selecionada e pensada para o nosso público, com lançamentos duas vezes por semana no site, e uma vez por mês fazemos uma Live no nosso Instagram com garimpos incríveis também, além de conteúdos com informação de moda e muito trabalho nos bastidores da telinha.




Brechó de Luxo


Neste tipo de brechó você encontra aquela peça desejo de marcas da alta moda, grifes renomadas e consolidadas. Exige uma curadoria especializada pois são peças de alto valor, que requerem uma análise minuciosa para a autenticação de originalidade.


Há quem diga que peças de luxo são investimento, tipo obra de arte, sabe?

E essa teoria até faz sentido, pois elas pouco perdem valor de mercado, têm o valor agregado que a marca carrega, além do acabamento e a qualidade serem excepcionais.


imagens: tumblr/weheartit/whattpad


Brechó Gourmet


Existem várias nomenclaturas para esse tipo.

Muito se assemelha ao online em processos, mas o ponto aqui é um espaço físico que visa a experiência do cliente, então ele tem uma curadoria de peças pensada para um público específico e isso aparece também na sua identidade visual como um todo.


Imagens: pinterest

Bazar Filantrópico


Também conhecido por brechó de caridade, brechó de igreja/bazar. O principal objetivo das vendas é ajudar uma causa, uma instituição ou projeto social, por exemplo. Possivelmente os trabalhadores são voluntários, não existe uma curadoria pensada, muitas vezes não é feita higienização nas peças também.


É um lugar que recebe muitas doações e o volume de peças é grande, a precificação não segue uma linha coerente. É preciso tempo para garimpar, mas dá para encontrar preciosidades!









Imagem: Carlo Jossa (via pinterest)

Imagens: pinterest


Brechó Vintage


Começo dizendo que a peça vintage é aquela que foi feita e pertenceu a uma determinada década/época, sem muitas alterações do tempo.


São peças com mais de 20 anos e menos de 100, pois acima de 100 anos já são consideradas antiguidades.


Nesses brechós encontramos os ícones de moda da época, como aquele blazer com ombreiras dos anos 80, por exemplo, além de nos depararmos com a maravilha que eram os tecidos e acabamentos de algumas marcas.








Cada brechó é único, o mais legal disso tudo é que as peças

não se repetem e são cheias de histórias. Aproveita as informações desse post para descobrir qual desses tipos é o ideal para você, e partiu garimpar!




Gostou desse conteúdo?


Compartilha com as amigas que também podem se interessar por ele e acompanhe a gente nas outras redes também :)






Até a próxima!

Niágara Tavares e Daniela Giarola


35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

ความคิดเห็น


bottom of page